Educação

Em parceria com a Mais Afro, Clima disponibiliza 50 bolsas para pessoas negras, indígenas e trans no curso Tensão

Em parceria com a Mais Afro, Clima disponibiliza bolsas do curso online Tensão para pessoas negras, indígenas e trans. O curso propõe um espaço para conversas sobre assuntos essenciais para entender o mundo, como viés incosciente, relações com trabalho, consumo consciente e política. Para essas trocas, os encontros serão comandados por Giovanna Heliodoro, André Carvalhal,Tulio Custódio e Carol Lourenço.

Mais Afro e Clima, a parceria e o incentivo às conversas necessárias

O curso online Tensão

O Tensão nasceu da crença nada limitante de que ainda podemos resgatar a fé na humanidade através do conhecimento e do diálogo. Em quatro encontros palestras liderados por pessoas que estão traduzindo assuntos que botam a gente pra pensar e produzindo conteúdo de uma forma mais acessível para todos, o curso também proporciona encontros de conversa para a turma – um espaço de compartilhamento de ideias e reflexões sobre os temas abordados, com mediação da Nat Simon, criadora do Clima.

“Existem diversos temas que não aprendemos na escola e nem é de interesse que sejam debatidos. Proporcionar um espaço para refletirmos sobre esses assuntos é a oportunidade de ampliarmos perspectivas e entendermos o que é fruto da nossa construção e o que é estrutural.”, afirma Aldren Flores, idealizadora da Mais Afro
e responsável pela curadoriado processo das bolsas.

Conheça os professores do curso online Tensão

 

As bolsas para pessoas negras, indígenas e trans e o processo

Conheça o que você precisa para se candidatar às 50 bolsas.

# Quem pode se inscrever?

Pessoas negras (pardas e pretas), indígenas e trans.

# Período de inscrição

De 23 de abril até 11 de maio* de 2021, clique aqui e se inscreva.

*Atualização 12/maio: As inscrições permanecerão até atingirmos 50 bolsas.

# Seleção

Serão contempladas com 1 bolsa integral do curso Tensão as 50 primeiras pessoas que:

1) Se inscreverem por meio do formulário de inscrição: clique aqui e se inscreva;
2) Se autodeclararem pessoas negras (pardas e pretas), indígenas e trans (atenção: faremos aferição por meio das redes sociais);
3) Tiverem acesso a algum dispositivo eletrônico (computador, celular ou tablet) próprio ou coletivo, com acesso à internet para assistir ao curso.

# Divulgação

A lista oficial será divulgada no site da Mais Afro e através dos perfis no Instagram @mais.afro e @climaperestroika a partir do dia 13 de maio de 2021.

# Das pessoas contempladas

Serão comunicadas via e-mail, participarão de uma chamada online com a curadora dos bolsistas Aldren Flores e com a curadora do curso Nataly Simon e receberão um e-mail com o acesso ao curso.

______________________________________________________________________________________________________

A curadoria para bolsas de estudos faz parte do pilar de capacitação da +afro.

Outras Postagens

Deixe um comentário